Olá visitante!

Cadastre-se Login
Devia Ser Eu (Ao vivo)

Devia Ser Eu (Ao vivo)

DILSON E DÉBORA

Álbum: Somos Um


Lançado em 14/08/2016

  • faixa

  • duração

  • voz

  • playback

  • cifra

  • partitura

LETRA

Não era um dia qualquer em Jerusalém
O Rei dos Reis pregado na cruz
Mesmo sem nenhum pecado com cravos foi pregado
Com espinhos foi coroado
Fecho os olhos e começo a imaginar
A dor que Ele sentiu por muito me amar
Sua morte mudou a história do pecador
E no terceiro dia ressuscitou

Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Por me amar

Fecho os olhos e começo a imaginar
A dor que Ele sentiu por muito me amar
Sua morte mudou a história do pecador
E no terceiro dia ressuscitou

Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Por me amar

Pagou o preço pelos meus pecados
Por me amar
O meu Salvador por mim Se entregou
Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Por me amar

Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Por me amar

Devia ser eu naquela cruz
Devia ser eu naquela cruz
Tanta dor suportou meu Jesus
Por me amar